Na Aajogo-SP
você pode:

X
  • Blog da Aajogo-SP

    Fique por dentro
    das notícias da
    Central de Protestos

    Política de Privacidade

    Inadimplência bate novo recorde, mostram dados

    De acordo com o levantamento realizado pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), quatro em cada dez brasileiros adultos estavam com o nome negativado em outubro de 2022. Ou seja, um total de 40,05%, que representam 64,87 milhões de pessoas. E desde que a pesquisa foi iniciada esse índice foi o recorde!

    Olhando para o cenário anual, em 2022, a inadimplência cresceu por dez meses seguidos até outubro. E você, sabe quais seriam os principais fatores para o aumento do número de brasileiros com dívidas?

    Principais causas da inadimplência

    Esse crescimento pode estar associado a diferentes fatores, como:

    - Aumento do desemprego
    - Diminuição da renda média familiar
    - Aumento do preço dos alimentos
    - Redução do poder de compra do brasileiro
    - Empréstimos
    - Dívidas com cartões de crédito
    - Desorganização financeira
    - Gastos com compras de alimentos por delivery, transportes e combustível

    Entre os motivos citados acima, os principais “vilões” para estar com o nome sujo, além do desemprego, são as dívidas contraídas com o cartão de crédito, empréstimos e gastos com alimentação. Esses fatores postergam o pagamento das contas em dia, fazendo com que o endividamento das famílias seja uma consequência de um processo associado à inflação e vítima dos juros altos.

    E para ajudar os brasileiros e diminuir a inadimplência, a Cenprot-SP desenvolveu o “Avise-me”, um serviço gratuito que pode ajudar (e muito!) a não ficar com o nome sujo.

    Avise-me: conheça mais um serviço gratuito dos cartórios de protesto do Estado de São Paulo

    Com o Avise-me, o usuário faz o cadastro aqui mesmo no nosso site e passa a ser notificado de forma automática via SMS e/ou e-mail caso alguma dívida seja lançada em seu CPF ou CNPJ em qualquer um dos 420 Cartórios de Protesto do Estado de São Paulo.

    É uma ótima solução, pois você será notificado ANTES do título virar um protesto!

    Veja como é fácil fazer o seu cadastro:

    1. Faça seu cadastro na Cenprot-SP
    2. Crie sua conta, caso ainda não tenha.
    3. Acesse a página do Avise-me!
    4. Escolha como você quer ser avisado (e-mail ou SMS)
    5. Assine o termo de uso.
    6. Pronto!

    Após o seu cadastro, você receberá avisos sempre que seu CPF/CNPJ for apresentado nos cartórios de protesto do Estado de São Paulo.

    Por que se cadastrar no Avise-me?

    Porque você ganha uma ajudinha a mais na hora de manter o seu nome limpo! Afinal, só quem sentiu sabe os efeitos negativos do endividamento, não é mesmo?

    A Cenprot-SP sabe que a inadimplência é um dos maiores motivos de preocupação dos brasileiros! Estresse, mau-humor e tristeza são impactos emocionais que atrapalham e muito a vida de quem está passando por dificuldades financeiras.

    Por isso, selecionamos algumas dicas para você está lutando contra a inadimplência:

    • 1. Faça uma consulta grátis do seu CPF/CNPJ na Cenprot-SP
      Consulte e verifique a existência de dívidas! Existem casos em que as pessoas estão negativadas e não sabem. Isso acontece principalmente por mudanças de endereço, contas antigas, débitos com algumas empresas de energia e gás e até em casos de divórcio, quando alguma conta fica no seu nome e o ex-parceiro não cumpre com os pagamentos.

    Você pode encontrar três situações diferentes na consulta:

    1) Se a resposta for: Constam Protestos e aparecer a mensagem “quitação de dívida”, você precisa pagar a dívida e as taxas cartorárias! Clique no link e siga as orientações do site para regularizar o débito.

    2) Se a resposta for: Constam Protestos e aparecer a mensagem “autorização para cancelamento disponível”, significa que você já pagou a dívida com o credor, mas ainda precisa fazer o cancelamento do protesto. Clique no link e dê andamento no passo a passo do sistema para limpar o seu nome.

    3) Agora se a resposta for: Constam Protestos e não aparecer nenhuma mensagem, você precisa procurar o credor, fazer o pagamento da dívida, obter a anuência eletrônica (antiga carta de anuência) e solicitar o cancelamento de protesto no site ou no cartório.

    Após você solicitar o cancelamento de protesto, os cartórios processam as informações e comunicam o banco de dados dos cartórios de protesto (Cenprot-SP) e as entidades de proteção ao crédito (SPC, Boa Vista-SCPC e Serasa). Esse processo dura em média de 3 a 5 dias úteis. 

    Caso tenha dúvidas, clique no botão "Orientações para regularizar sua restrição" e lá você encontrará o passo a passo. Se precisar de mais informações, entre em contato com a nossa Central de Atendimento: (11) 2189-9666, de segunda a sexta-feira, das 9 às 18 horas, ou pelo e-mail: centraldeprotesto@protestosp.com.br

    • 2. Foque na organização financeira
      Revise seus gastos e tente economizar. Não é fácil, mas coloque todas as despesas na ponta do lápis! Você sempre vai encontrar alguma despesa “extra” que pode ser cortada.
    • 3. Negocie dívidas
      É preciso analisar o valor da parcela e as condições gerais da proposta para saber se essa é a melhor opção.
    • 4. Procure alternativas para ganhar um dinheirinho extra
      Vender objetos e eletrônicos que não, começar um freela ou até mesmo revender produtos são algumas opções para conseguir uma renda a mais!
    • 5. Use o décimo terceiro salário para quitar dívidas
      No final do ano, aproveite para quitar as dívidas e limpar o seu nome com o décimo terceiro salário. Escolha aquelas contas atrasadas que possuem os juros mais altos e, se for possível, negocie o valor com o credor. Dessa maneira, você consegue encaixar o pagamento de acordo com o seu bolso e limpar seu nome.

    Curtiu nossas dicas? Então dá uma olhadinha no vídeo para ver TODAS as vantagens de usar o Avise-me!

    Siga a Cenprot-SP nas redes sociais e acompanhe outras dicas:

    Compartilhe: